Santos Devocionais

A minha infância na cidade de Santos, foi envolvida por tintas, pincéis, música, dança, expressões artísticas que me acompanham até hoje. A atmosfera artística sempre esteve presente na minha vida.
Muitas vezes me pergunto : Quem sou eu ?
Alquimista, paisagista, pesquisadora, professora, acho que de tudo um pouco e por esse motivo procurei o Instituo de Artes da UNESP em busca de conhecimento acadêmico voltado para a arte.
Depois de passar por muitas disciplinas práticas, cheguei à cerâmica, onde aportei com paixão e dedicação.
A minha formação química colaborou para a compreensão dos efeitos de óxidos, carbonatos e outros compostos em diferentes temperaturas de queima sobre o barro.
O espírito de pesquisadora permanece, buscando resultados diferentes com a utilização de novos elementos .
Na observação de fiéis em igrejas, percebi que as pessoas de deslocavam de suas casas, de seus trabalhos, para rezarem perto de seus santos de devoção, por essa razão criei ,
 “ Santos de Mão “, que permitem a aproximação física do santo de consagração, em qualquer hora e lugar .
O estudo e a produção desses pequenos santos , foi o primeiro passo , a partir deles foram gerados outros como os  “ Santos de Mesa “ , “ Santos de Oratórios “, “ Santos de Parede “,” Santos Suspensos “, também representados em placas de argila e parafina .
Esculturas em argila, figuras religiosas estilizadas, expressões poéticas, tentativa de materialização dos mais puros sentimentos de devoção.
Explico essas formas com simplicidade porque a fé também é simples
                     Stela Kehde

 

Palavras do Curador

 
Quando fui convidado para assumir a curadoria desta exposição,procurei encontrar parâmetros para melhor fundamentar, desregionalizar e desfolclorizar a primeira mostra da artista  Stela Kehde.
A idealização e montagem desta exposição seguiram um percurso em que o processo experimental  pudesse evidenciar não só os conceitos e significações impregnados nos “Santos Devocionais “, como também os resultados técnicos independentes e próprios do suporte barro.
A vontade profunda da artista de realizar esta mostra, sobrepôs-se criativamente a adversidades e obstáculos de formas adversas e distintas .
Tal processo envolveu questões básicas de produção que nem mesmo um “ make of “
daria conta  deste acontecimento próprio do universo das artes visuais.
O assunto escolhido para a exposição foi “ Santos Devocionais “, uma clara referência ao simbólico / divino na nossa cultura brasileira diante de perguntas significativas num espaço e desejo de re-articulação do ser contemporâneo com a re-ligião .
Assim, mais uma vez a Galeria de Arte do IA – UNESP cumpre sua função cultural , o engenho e a arte de produção no meio acadêmico desta unidade.
 
Alcindo Moreira Filho
                                  Curador

Opinião do Crítico

Stela Kehde
Santos de todo mundo
O imaginário da artista plástica Stela Kehde é  povoado de santos, não só os consagrados pela liturgia católica, mas aqueles que estão em nosso interior, livremente criados pelas nossas mentes. O importante é que, de uma forma ou de outra, reconhecidos pela Igreja ou não, todos permanecem próximos de nós.
São quase integrantes de nossa família. Por isso, estejam dentro de armários, em módulos, bases, em estruturas de parafina, em vazados ou criados pela arte da modelagem, oferecem o mesmo mistério. Estão junto de nós, mas, ao mesmo tempo, algo os sacraliza.
Essas são algumas das questões que surgem de um trabalho plástico marcado pela pesquisa permanente e pela convicção de que lidar com santos é mergulhar na dialética da finita/infinita existência. Sejam do tamanho de uma mão ou de dimensões maiores, permanecem como ícones de algo desconhecido.
Poder olhar, tocar e sentir um santo de Stela Kehde é um passo para construir nossa própria imortalidade. No jogo de se manter sempre alerta para os processos construtivos, a artista traz em sua exposição um fascinante universo de possibilidades de visão/escuta do que significa ser hoje um santo. Nada podia ser mais humano.
 
Oscar D’Ambrosio integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA-Seção Brasil). É doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie e mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Unesp.

Contato

Santos Devocionais santosdevocionais@gmail.com